sábado, 30 de junho de 2007

Paisagem

__No último post, O Velhão - Parte 2, eu comentei que usei uma tarde para subir o morro do bairro onde eu morava, o Meadow Village. Era deste morro que eu estava falando:

_

______Morro do Meadow Village. O alojamento Golden Eagle é a casa no canto esquerdo da imagem.
_
__A foto abaixo, batida pelo João, mostra a visão que se tem de cima do morro:

_____Boa parte da cidade de Big Sky/MT, de 1500 habitantes.

Clique aqui para ver as estatísticas do blog



O Velhão - Parte 2

__Abaixo, a continuação do post O Velhão.
*************************************
__Não participei do tubing gratuito para os empregados. Na manhã do dia seguinte, cheguei no Ticket Sales, sentei na frente da minha janela, liguei meu computador de mesa e o laptop e já comecei a blogar. O Miguel apareceu e disse:
__-Velhão, agora você só quer saber de blog!
__-Pois é, cara. Muito legal isso aqui!
__-Você tem que parar com isso. Você escreve sobre cada dia que você passou nos EUA. Desse jeito, vai chegar uma hora em que tudo o que você vai ter pra contar vai ser sobre as horas que você ficou blogando.
__-Que nada, cara! Eu nem mexo tanto tempo assim no blog.
__-Como não? Você mexe o dia inteiro! Vai se isolar com esse blog.
__-Cara, eu mexo no blog enquanto estou aqui no trabalho. Não tem ninguém na minha janela e eu tenho que ficar sentado aqui, sem vender ingresso pra ninguém. O que é que eu vou fazer? Vou blogar, ué!
__-Mas agora você não faz mais nada com a gente. Você não foi no tubing ontem!
__-Mas não foi por causa do blog. Era o meu dia de descanso. E no fim eu acabei subindo o morro do Meadow Village pra curtir a paisagem.
__-Mas o tubing foi de graça e não vai ter mais. Você nunca mais vai poder fazer tubing.
__-Claro que vou! É só pagar 20 dólares, ué!
__-Mas tinha cachorro-quente de graça e você não comeu.
__-Meu Deus, é mesmo! Fiquei sem comer cachorro-quente. E agora? Quando na minha vida eu terei novamente a chance de comer um pão com salsicha? Ah, meu! Aquilo lá não é cachorro-quente! Ainda bem que eu não comi esse negócio. Fiquei sabendo que foi uma caganeira geral.
_

______Miguel

*************************************

Clique aqui para ver as estatísticas do blog

sexta-feira, 29 de junho de 2007

O Velhão

____Eu, o Velhão

__Duas vezes por semana, o Big Sky Resort libera uma parte de uma montanha coberta de neve para brincadeiras com bóias. É o chamado tubing, que custa 20 dólares a hora.


____Área de tubing em Gilford, no Estado de New Hampshire

__No dia 24 de janeiro, o resort ofereceu tubing e comida gratuita a todos os empregados. Era uma quarta-feira, e há pouco eu decidira que eu usaria as quartas para chegar em casa cedo e dormir cedo. Isso porque, desde que eu começara a trabalhar no hotel Mountain Inn, eu não tinha dias de folga e precisava reservar algum momento da semana para um descanso sagrado. Obviamente, todos os eventos gratuitos promovidos pelo resort caíam bem no dia do meu descanso.
__Eu estava trabalhando no Ticket Sales quando o João perguntou:
__-Velhão, vamos no tubing hoje? Começa lá pelas quatro da tarde.
_

____João

____Karlão

__Eu ainda não sabia que os empregados não precisariam pagar nada.
__-Putz, João! Acho que não vou não. Eu estou sem grana.
__Karlão e João disseram ao mesmo tempo:
__-Mas é de graça!
__-Então eu estou sem tempo.
__O Miguel entrou na conversa:
__-Nossa! “Então estou sem tempo”. Ele usou a palavra “então”! Como é que pode isso? Quer dizer que, se resolvermos o problema do tempo, ele vai dizer “então tem não sei o quê"! Incrível, Velhão! Uma desculpa pior que a outra! O cara trabalha em dois empregos e diz que não tem dinheiro. Não tem nada pra fazer depois e diz que não tem tempo, só pra não ir com a gente!
_

____Miguel

__Risada geral. A partir daí, era assim que os colegas do Ticket Sales me convidavam para qualquer coisa:

__-Velhão, nós vamos fazer alguma coisa hoje à tarde. Você está sem tempo ou sem dinheiro?

*************************

Clique aqui para ver as estatísticas do blog

quarta-feira, 27 de junho de 2007

Oh shit!

__Desisti de morar com o Dan no meio de março. A convivência fora boa até esse mês. A partir dali, ele resolveu aproveitar todas as suas horas livres com festas e baladas, deixando de ajudar na limpeza do quarto. Visitei os EUA para trocar cultura, não fedores.
__A namorada do João, que morava com ele num quarto do Huntley Hotel, deixou Big Sky nos primeiros dias de março. O resort decidiu que o João não poderia ter um quarto só para ele no hotel e que ele deveria morar em algum dos alojamentos, Golden Eagle ou Mountain Lodge. Éramos dois brasileiros procurando por um companheiro de quarto limpo. Acabamos dividindo o quarto número 22 do Golden Eagle.
_

_______João Velho
__Deveríamos pegar o ônibus que levava ao resort todos os dias às 7:15 da manhã. João era sempre o primeiro a se levantar e vinha me acordar.
__-Velhão, levanta. São 6 horas.
__-Oh, shit! I can´t believe it´s time to go. I feel like i just went to bed!
__-Velhão, por que você está falando inglês comigo?
__-I don´t know. I´m so confused at this time of the morning.
__-Velhão, que jeito de começar o dia! Sempre que eu te acordo, você diz: "Oh shit!".
__O João, além de ser meu colega no Ticket Sales, trabalhava no Kids Club, que era um local de entreterimento para crianças. Ali também trabalhava a Karlão e o Caio Velho. Os três conquistaram a confiança da sua chefe, que os deixava responsáveis por todas as crianças que os visitantes do resort deixavam ali._ __

________Karlão

________Caio Velho

__Certa vez, entrei no Kids Club para falar com o João e vi que ele estava brincando com apenas três crianças. Logo que passei pela porta, uma menininha de uns quatro anos olhou para mim e fez uma careta e um barulho de gato bravo. Ela veio correndo em minha direção e começou a pular. Me joguei de joelho no chão e ela grudou no meu pescoço e subiu nas minhas costas. Eu quis dizer algo de engraçado para ela, mas essa seria a primeira vez que eu falaria inglês com uma criancinha daquela idade. Nada de infantil e divertido veio à minha mente. O que acabou saindo da minha boca foi:
__-Oh shit!
__Espero que ela não tenha aprendido isso de mim. Não foi pensando nesse tipo de ensinamento que se criou o intercâmbio cultural. Nem é isso que os pais querem que seus filhos aprendam no Kids Club.

**********************

Clique aqui para ver as estatísticas do blog

terça-feira, 26 de junho de 2007

Xing

__Bati a foto da placa abaixo na cidade de Roswell, no Novo México. Também em Bozeman/MT eu vi placas onde se lia "Xing".
_

__Tive que rir quando me explicaram o significado da palavra. O "X" do Xing, na verdade, não é um "X", e sim uma cruz. Cruz em inglês é cross. Portanto, Xing seria crossing (cross + ing), que significa "travessia", seja de ciclistas ou pedestres. É como se, ao invés de escrever "travessia" em alguma placa, fizéssemos isso:

*************************

Clique aqui para ver as estatísticas do blog

segunda-feira, 25 de junho de 2007

Santa protetora dos computadores

__Vi isso sendo vendido em uma lojinha no Novo México, Estado que visitei depois de deixar Montana.
_

__Diz a caixa que a santinha protege seu computador contra vírus, spams e paus. Não é uma beleza?
__Está claro que o povo perdeu todas as esperanças depois de gastar uma baita grana no Vista da Microsoft e ver que o negócio só trava. O jeito é apelar para as divindades.
********************************

domingo, 24 de junho de 2007

Pagando mico

__Pick up significa "atender o telefone". Hang up significa "desligar o telefone". Eu já sabia disso quando eu viajei para os Estados Unidos, mas sempre fiz confusão entre as duas expressões. Foi só depois de pagar um mico do tamanho de um gorila que eu assimilei a diferença.
__Eu estava trabalhando na recepção do hotel Mountain Inn. Eram umas 8 da noite. O telefone do meu balcão tocou. Era uma hóspede ligando de um dos quartos:
__-Recepção. Como posso ajudar?
__-Desculpe. Eu te liguei sem querer. É que eu recebi uma ligação internacional e acabei apertando um botão, aí a ligação foi parar aí em você. Agora já estou falando com a minha amiga. Ela está na linha.
__Nisso, uma terceira voz apareceu no telefone. Era a voz da amiga da hóspede:
__-Alô? Alô?
__Tentei falar com essa terceira voz. Eu não entendia direito o que acontecia:
__-Alô, como posso ajudar?
__Então a hóspede voltou a falar no telefone:
__-Como eu te falei, eu estou com a minha amiga do exterior no telefone. Você pode hang up.
__Eu disse no começo do post que hang up significa “desligar o telefone”. Por confusão minha, eu pensei que ela quis dizer “você pode atender o telefone”. Entendi que a hóspede queria que eu atendesse a ligação da sua amiga do exterior que já estava na linha. Assim fiz:
__-Pois não? Como posso ajudar?
__A terceira voz falou:
__-Quem está falando?
__Novamente a hóspede falou:
__-Eu disse hang up (desligue o telefone)!
__Eu continuava entendendo que ela queria que eu atendesse o telefone. A cada vez que ela dizia hang up, eu entendia: "atende!".
__-Estou tentando, senhora!
__-Como assim está tentando? Desliga!
__-Como assim? Como?
__-Apenas desligue!
__A terceira voz continuava falando:
__-Alô? Alô?
__Ela continuava falando “desligue”, mas eu continuava entendendo “atenda”, principalmente porque a terceira voz ficava dizendo “alô”. Falei para a hóspede:
__-Eu estou tentando atender a sua amiga. Mas não dá para falar com as duas ao mesmo tempo.
__A terceira voz continuava dizendo alô. De repente, pensei que o problema era que a terceira pessoa poderia não estar me ouvindo, e que a hóspede estava me dizendo para apertar algum botão.
__-Desligue!
__-Estou tentando!
__Comecei a apertar todos os botões do telefone, um de cada vez.
__-O que você está fazendo?
__-Estou tentando hang up.
__-Mas qual é a dificuldade de se desligar o telefone? É só desligar!
__-Você pensa que é fácil, né?
__Ela começou a rir.
__-Eu não acredito nisso! Ok, preste atenção: simplesmente desligue!
__-É isso que eu estou tentando fazer, mas não é fácil.
__-Hahaha! Ai, meu Deus! Desliga isso aí.
__-Senhora, estou fazendo o melhor que eu posso. Estou tentando duro!
__-Aiai! Hahaha! Por que isso é tão difícil? É só desligar o telefone!
__-Não é assim... esse aparelho é complicado! Às vezes dá problema!
__-Hahaha! Vamos passar o dia aqui. Você não sabe como desligar o telefone.
__-Não, senhora. Eu já vou resolver.
__Enquanto a terceira voz continuava dizendo “alô”, a minha ficha caiu. Ela estava dizendo hang up, e não pick up.
__-Senhora, achei o botão! Vou desligar. Até mais. Sinto muito!
__**********

Número de acessos

____________Última semana
____________Último mês ____________Desde o início





















Quanto custa o transporte em Big Sky?

__Nada. O estudante pode andar gratuitamente em quase todos os ônibus que circulam dentro de Big Sky e que fazem o trajeto Big Sky - Bozeman e Bozeman - Big Sky.

Quais são as opções de diversão em Big Sky?

__Dentro do próprio resort o intercambista vai encontrar um restaurante asiático chamado bamboo. Durante a noite, o restaurante tem um espaço que funciona como boate. É lá que a maioria dos estudantes se diverte ao longo da semana. Há também o Whiskey Jack's, onde rola comida americana, mexicana e música ao vivo. Ainda tem o Chet's Bar, onde rola comida boa e Poker.

__Bem próximo ao resort também tem o Black Bear. Esse é um bar onde às vezes rola música ao vivo e onde se pode jogar Poker, mas onde a comida não é lá essas coisas.
__Pra quem gosta de festa, os alojamentos costumam ser centros de música alta e bebida.

Quantas folgas o trabalhador do Big Sky Resort tem por semana?

__Geralmente duas. Essas folgas costumam ser sempre nos mesmos dias da semana, mas há empregos em que os dias de folga variam bastante. É o caso dos empregos de Concierge e Front Desk (recepção), em que a escala muda de semana em semana.

__Um trabalhador do Ticket Sales (bilheteria), por exemplo, pode ter suas folgas sempre nos sábados e domingos ou nos domingos e segundas, dependendo do que ficar acordado com o chefe. Já o trabalhador do Front Desk quase nunca saberá seus horários e dias de folga com mais de sete dias de antecedência.

Há mercados em Big Sky?

__Sim. Há um minimercado dentro do resort, dois próximos ao Golden Eagle e mais umas duas lojinhas de conveniência a uns quatro quilômetros do Westfork (espécie de centro da cidade), que são um tanto longe de onde os intercambistas costumam morar e trabalhar.
__Os mercados de Big Sky cobram preços altos. Quem quer fazer economia deve separar um dia da semana para ir ao Walmart em Bozeman, onde os preços são até quatro vezes mais baixos.

Como os empregadores pagam os intercambistas?

__Através de depósito bancário. O estudante deverá abrir uma conta em banco quando chegar na cidade em que vai trabalhar. Nos Estados Unidos, os bancos geralmente não cobram qualquer taxa ou mensalidade por uma conta-salário.
__O estudante também recebe gratuitamente do banco um cartão de débito, que pode ser usado sem qualquer taxa.