quinta-feira, 12 de abril de 2007

Aliens

__Antes de o estudante assinar um contrato com a agência de intercâmbio, ele acha que vai ser um intercambista, um viajante internacional, um turista e um cidadão do mundo. Mas assim que ele começa a preencher formulários para o consulado americano e para o controle de imigração dos EUA, ele descobre que ele vai ser um alien!
__Alien, em inglês, quer dizer “estrangeiro” ou qualquer pessoa que não pertença ao meio em que ela está envolvida em determinado momento. É assim que os formulários formais se referem a nós, intercambistas. Somos aliens. Embora não seja difícil de se deduzir o significado dessa palavra quando ela aparece num texto, é sempre engraçado responder a perguntas como:

Que tipo de Alien é você?

( )Residente

( )Visitante


__Aqui vai uma mensagem para você que quer fazer intercâmbio: essa viagem realmente muda as pessoas. Ela nos transforma em aliens!

quarta-feira, 11 de abril de 2007

Piadas que só funcionam em inglês

__Dan chegou em casa com seis garrafas de cerveja. Olhando com gula para elas, ele disse:
__-Renan, i guess i'm gonna be bad tonight (Renan, eu acho que vou ficar mal hoje à noite).
__-I don't see any reason for drinking so much, Dan. I could be ok with just one beer (Não vejo razão para beber tanto, Dan. Eu ficaria bem com uma cerveja só).
__
-Yeah... i can be ok with just one too... three, four...

__
Na frase acima, a palavra too, que significa “também”, soa como se fosse two, que significa “dois” ou “duas”. Se a frase terminasse logo depois do too, ela teria o seguinte significado:

__-É... eu posso ficar legal com uma só cerveja também.
__-Yeah... i can be ok with just one too.

__Já se a frase continuasse como o Dan fez, a palavra too (também) viraria two (duas), e então teríamos algo diferente:

__-É... eu posso ficar legal só com uma, duas, três, quatro...
__-Yeah... i can be ok with just one, two, three, four...

__Coisa parecida acontece nessa piada, que recebi da minha amiga americana Darlene:

__Harry is getting along in years and finds that he is unable to perform
sexually. He finally goes to his doctor, who tries a few things but
nothing seems to work. So the doctor refers him to an American Indian
medicine man.
__The medicine man says, "I can cure this." That said, he throws a white
powder in a flame, and there is a flash with billowing blue smoke. Then he
says, "This is powerful medicine. You can only use it once a year. All you
have to do is say '123' and it shall rise for as long as you wish!"
__The guy then asks, "What happens when it's over, and I don't want to
continue?"
__The medicine man replies: "All you or your partner has to say is 1234,
and it will go down. But be warned -- it will not work again for another
year!"
__Harry rushes home, eager to try out his new powers and prowess. That night
he is ready to surprise Joyce. He showers, shaves, and puts on his most
exotic shaving lotion. He gets into bed, and laying next to her says,
"123."
__He suddenly becomes more aroused than anytime in his life ... just as the
medicine man had promised. Joyce, who had been facing away, turns over and
asks, "What did you say 123 for?"
__And that, my friends, is why you shouldn't end a sentence with a
preposition.

__A piada conta a história de um senhor que já não conseguia fazer sexo. Ele recebe então a ajuda de um índio, que lhe joga um feitiço e lhe diz que, assim que quiser ir para a cama com a esposa, ele apenas deve dizer "1 2 3". Se quisesse que o feitiço passasse, seria só pedir para a parceira dizer "1 2 3 4".
__O senhor chega em casa, diz "1 2 3" e está pronto para a atividade. Sua esposa então diz:

__Para que você disse 1 2 3?
__
What did you say 1 2 3 for?

__A palavra for em negrito significa “para”. Acontece que a palavra for poderia ser entendida como four, que significa “quatro”. Foi assim que a esposa do Harry arruinou seus planos sexuais.
__Não achou graça na piada? Pois é. Como eu disse no título do post, só tem graça em inglês.

terça-feira, 10 de abril de 2007

Alojamento

__A maioria dos empregadores de intercambistas oferece alojamento pago aos seus empregados. No caso de isso não acontecer, o empregador orientará o estudante sobre onde ele pode tentar um apartamento, uma casa ou o que for. Um dos empregadores que procede dessa forma é o Foxwoods Cassino, que fica na cidade de Norwich, Estado de Connecticut. Clicando aqui, você pode ver algumas fotos de um intercambista que esteve por lá, o Fábio Ostermann.

__O viajante deve atentar para a segurança do lugar onde vai morar. Há muitos relatos de intercambistas sobre bairros residenciais perigosos nos EUA, onde rola tráfico e batida policial. Também não há razão para perder o sono e desistir da viagem em função desse problema. Afinal, o Brasil é o quarto país mais violento do mundo, segundo estudo divulgado esse ano pela Organização dos Estados Ibero-americanos. Dificilmente o estudante sairá do Brasil para um lugar mais perigoso do que o lugar onde mora.
__Como já comentei em alguns posts, violência não existe em Big Sky. Não se sabe o que é assalto por aqui. Abaixo, uma foto do alojamento onde moro, o Golden Eagle, e uma foto de dentro do quarto.

__Nos quatro meses que passei aqui, houve duas inspeções gerais no alojamento. O gerente do Golden Eagle entra em todos os quartos e verifica se os sensores de fumaça estão obstruídos e se há substâncias proibidas em algum lugar.
__O fato de a inspeção incluir a procurar por drogas não significa que o resort seja muito repressivo contra elas. Descreverei nos futuros posts como a droga rola solta por aqui.
__Em dezembro, houve um problema com o aquecimento central de água do Golden Eagle. Todos os dias eu chegava em casa e encontrava na porta um aviso sobre o andamento da manutenção e um pedido de desculpas da gerência do Golden Eagle pelo incômodo. A verdade é que em nenhum dos dias faltou água quente no meu quarto. Eu só sabia do problema pelos avisos.

segunda-feira, 9 de abril de 2007

Falha minha

__Ulisses Wehby de Carvalho, do blog Tecla SAP, ensina que, em português, os nomes de línguas não precisam começar com letra maiúscula, ao contrário do que acontece no inglês.
__Veja o exemplo dado por ele na seguinte frase em inglês e na sua tradução:

I have had English lessons with an American teacher on Mondays and Wednesdays since April.

Estou tendo aulas de inglês com um professor americano às segundas e quartas desde abril.

__A razão de eu ter tocado nesse assunto é que tratei essas palavras erroneamente desde que comecei a escrever o blog. Sempre escrevi as palavras inglês e português com letra maiúscula.
__Sorry about that, folks.


domingo, 8 de abril de 2007

Guaraná da Amazônia

__Essa história aconteceu no dia 5 de janeiro de 2007.

__Lá estava a brasileirada trabalhando no Ticket Sales quando um cliente perguntou ao Miguel de onde ele era.
__-Eu sou do Brasil.
__O americano disse:
__-Seu canalha do cacete!
_____________Miguel
__O americano comentou sua inveja do clima brasileiro. Depois, entregou ao Miguel uma latinha com balas de sabor guaraná, explicando que eram balas energéticas desenvolvidas pelo seu grupo de estudos na universidade. A latinha chata já parecia um produto industrializado pronto para ser vendido e tinha um desenho do guaraná da Amazônia. O Miguel Doidão, o João e eu experimentamos a tal balinha.
__Engraçado ver um produto americano cuja embalagem ressalta uma origem brasileira. Vivemos a vida inteira no Brasil cobiçando os maravilhosos bens importados e, quando estou aqui nos EUA, vejo um estudante que tenta imprimir a imagem do Brasil na sua criação para obter sucesso comercial. Os brasileiros sabem que isso acontece. Mas ver pessoalmente isso acontecendo é diferente. Faz a gente lembrar que a gente existe para o mundo.
__Mais interessante ainda seria se a bala fosse pelo menos um pouquinho gostosa. Mas era uma das piores coisas que eu já experimentei em toda a minha vida.