segunda-feira, 14 de maio de 2007

O intercambista volta dos Estados Unidos com o inglês fluente?

__O inglês do estudante melhora durante um período de trabalho de quatro meses nos Estados Unidos. Mas, em muitos casos, essa melhora é quase nula. Isso porque muitos intercambistas trabalham em atividades que não envolve qualquer interação com americanos. Isso acontece, por exemplo, quando um brasileiro trabalha numa cozinha com vários outros brasileiros e latino-americanos.
__Uma forma de se compensar um emprego onde não se fala inglês seria socializar-se com americanos depois do trabalho, algo que pode não ser tão fácil de se fazer. A presença latino-americana é muito forte nas empresas que empregam intercambistas e você não vai empurrar seus conhecidos brasileiros quando eles vierem conversar com você, não é mesmo? Brasileiros e latino-americanos estarão em todas as festas e bares e a chance de um intercambista brasileiro se socializar com eles ao invés de se socializar com americanos é grande.
__Se a sua meta é adquirir fluência no inglês, é bom já chegar nos Estados Unidos com uma boa bagagem, o que facilita a aproximação com os americanos com quem você conviver. Também é bom tentar um emprego no qual você será obrigado a se virar com a língua, como é o caso das posições de Front Desk (atendente do balcão principal de hotel), Concierge (responsável por informar os hóspedes dos hotéis sobre os principais eventos que se passam num resort) e posições de caixa em geral.
****************
Dúvidas? Escreva para renancontador-blog@yahoo.com.br
Deseja assinar o feed deste blog? Então clique aqui.
Clique aqui para saber mais sobre feeds.

Nenhum comentário: