domingo, 27 de maio de 2007

Burro demais

__Eu estava no meu quarto há menos de uma hora lendo um livro quando apareceu o Dan, completamente bêbado e risonho.
__-Renan? Haha! Ai, Renan... eu estou um pouquinho bêbado.
__-Sabe... eu acho que você está mesmo.
__Agora ele ria como se eu tivesse acabado de contar a piada mais engraçada do mundo.
__Do lado da geladeira havia uma caixa de cerveja vazia. Perguntei:
__-Cara, você tomou tudo?
__-Acho que sim. Hehe!
__Sem parar de rir, ele colocou a caixa de cerveja na cabeça e comeu uns pedaços do frango assado que havíamos comprado no dia anterior. Parei de prestar atenção nele e voltei para o meu livro. Pouco depois, ele gritou:
__-Renan! Estou preso! Essa merda não sai da minha cabeça! Me ajuda!
__-Ok. Vem aqui.
__Eu estava no beliche. Ele colocou a cabeça na minha cama e eu percebi que ele não estava de brincadeira, pois, quando eu puxei a caixa, a cabeça quase veio junto. A porcaria não saía de jeito nenhum:
__-Ai! Está doendo pra caramba!
__-Por que você tem que ser tão burro?
__-Eu sei, eu sei. Ai! Você tá me matando!
__-Espera aí que vai sair. Peguei! Saiu.
__-Ai, meu Deus! Pensei que eu fosse morrer.
__Voltei a ler meu livro. Depois de alguns minutos, escuto a risada incontrolada do Dan novamente. Ele estava olhando para o espelho, novamente com a caixa na cabeça. Ele não podia parar de rir.
__-Ai, Renan! Estou preso de novo!
__-Vem aqui, espertão.
__Arranquei a caixa da cabeça dele mais uma vez.
__-Renan, eu estou morrendo. Vou dormir.
__-Ok.
__Ele se deitou na cama. Eu li mais um pouco e então disse:
__-Dan, sabe de uma coisa?
__-O quê?
__-Eu acho que você tinha que dormir com a caixa na cabeça.
__-Ok.
__Ele se levantou, enfiou a caixa na cabeça e foi dormir.
__Acordei cedo no dia seguinte para trabalhar e vi que ele ainda estava dormindo com a caixa na cabeça.
__-Dan, acorda, cara! Você vai perder o ônibus.
__-Ai... eu acho que vou de carro hoje, cara. Eu estou todo ferrado.
__Lá pelas 10:00 da manhã eu estava trabalhando no Ticket Sales e o Dan apareceu na minha janela.
__-Renan! Aconteceu uma coisa louca comigo hoje.
__-É mesmo?
__-Eu sonhei a noite inteira que estava com a cabeça presa dentro de alguma coisa. Acordei com uma puta dor e vi que eu estava com uma caixa de cerveja na cabeça. Você sabe o que aconteceu?
__-Cara, não tenho a menor idéia. Uma caixa de cerveja na cabeça? Como é que você conseguiu fazer isso?
__-Eu não sei! Quando eu acordei, foi um sufoco para tirar. Não saía de jeito nenhum. Você não lembra de nada?
__-Eu não. Você deve ter chegado depois que eu já estava dormindo.
__-É, deve ser.
__-Ok, Dan. Estou indo aí fora para te mostrar uma coisa.
__Fui até ele e liguei minha máquina fotográfica.
__-Dan, olha isso.
__Eu estava mostrando essa foto para ele:
__________Dan chapado
__-Cara! O que é isso? Eu não me lembro disso! Como foi que aconteceu?
__-Você estava chapado!
__Nos dias seguintes, sempre que estávamos andando juntos até o trabalho e víamos uma caixa de cerveja jogada no chão, ele falava:
__-Renan, que chapéu legal ali no chão! Você viu?

Um comentário:

Rojane disse...

Comico demais, esse Dan é uma piada.