quarta-feira, 4 de abril de 2007

O programa de trabalho no exterior e o Inglês

__Comentei num dos primeiros posts (razões para a viagem) que uma das principais razões da minha viagem era aprender Inglês. Ouve-se falar que a melhor maneira de se aprender Inglês é passar um bom tempo num país de língua inglesa. Isso pode ser verdade quando você não se isola dentro da comunidade formada pelos seus conterrâneos no país que fala a língua que você quer aprender.
__Estamos em abril e faltam menos de duas semanas para minha partida de Big Sky. Volta e meia eu encontro brasileiros e peruanos incapazes de se comunicar em Inglês, e eles estão aqui desde dezembro. Não estou dizendo que eles falam mal a língua. Estou dizendo que eles não entendem uma pergunta ou um cumprimento sequer, nem são capazes de se fazer entender minimamente.
__Se você planeja um intercâmbio de trabalho nos EUA e a sua intenção é melhorar o seu Inglês, tenha em mente que essa viagem não será um milagre de aprendizado. É muito fácil transformar os quatro meses de trabalho nos EUA no maior desperdício de aprendizado da sua vida.
__Na primeira vez que fui ao Wall Mart em Bozeman, fiquei irritado ao andar pelos corredores e perceber que estava difícil encontrar alguém conversando em Inglês. A maioria das pessoas que andava por ali falava Espanhol ou Português. Isso dá uma idéia do tamanho da presença Sul-Americana nesse lugar.
__A maior parte dos intercambistas de Big Sky trabalha cozinhando, limpando quartos de hotel, servindo pratos em restaurantes e operando teleféricos. Nesses empregos, o contato com o Inglês é mínimo. Além disso, a quantidade de colegas conterrâneos é grande, o que faz com que se fale a língua natal o dia inteiro.
__Ficamos deslumbrados com as diferenças de se morar num país de primeiro mundo e sentimos muita vontade de falar sobre tudo o que vemos. Brasileiros para conversar sobre o que se vê por aqui não faltam. Por isso, acredite, meu amigo brasileiro: aqui, você provavelmente falará mais Português do que você jamais falou na sua vida.
__Se o seu objetivo é viajar para aprender Inglês, um programa de trabalho no exterior pode não ser a melhor opção. Há várias opções de intercâmbio que podem ser estudadas nos sites de agências de viagem (veja alguns sites no canto direito deste blog). O programa de trabalho só é significativamente positivo para o Inglês se o intercambista chega nos EUA já com uma boa base e se ele consegue empregos em que o diálogo com os clientes seja freqüente e rico, como é o caso dos empregos de Concierge e de Front Desk. O Concierge é o responsável por informar os hóspedes dos hotéis sobre os restaurantes, as atividades noturnas e as opções de lazer. Já o Front Desk recebe os hóspedes, esclarece suas dúvidas sobre reservas, estadia e pagamento, além de ser o responsável por atender seus telefonemas direto dos quartos e providenciar tudo o que eles solicitarem, comunicando-se para isso com todos os departamentos do hotel, sempre em Inglês.
__No caso de o programa de trabalho ser sua única possibilidade de viajar para o exterior, por essa ser uma forma econômica de se viajar, procure dar uma turbinada no Inglês antes do embarque. Hoje em dia é muito mais fácil de se aprender Inglês, pois podemos nos informar muito bem na internet sobre como estudar a língua antes de sair pagando por qualquer porcaria de curso. Recomendo logo abaixo algumas preciosas fontes de informação para quem busca o aprendizado da língua:

__www.englishexperts.net
__www.teclasap2.blogspot.com
__
www.denilsodelima.blogspot.com

Quer assinar o RSS do Viagem aos EUA? Então clique aqui.
Quer saber mais sobre RSS? Clique aqui.


2 comentários:

Mamainnnnnn disse...

Legal o toque Renan(sobre aprender o Inglês), pois muitos me perguntam sobre o intercâmbio.
Muitos também devem visitar o teu blog por este motivo, tu sempre esclarece os duvidosos e pré viajantes.
Eu, entro aqui para aprender mais sobre a cultura, o povo, a geografia etc... mas principalmente para matar a saudades de ti, quando leio, parece-me que estou ouvindo vc falar.

Alessandro disse...

Renan

Obrigado pela referência ao English Experts.

Abraço.