terça-feira, 6 de fevereiro de 2007

Jantar para os empregados - 20 de dezembro de 2007

__O Big Sky ofereceu um jantar para os seus empregados no dia 20 de dezembro, um dia depois da minha chegada em Big Sky. Chegara nos EUA dia 18 e já estava começando a sentir falta da comida brasileira. Comida de verdade sai cara por aqui. Nós, intercambistas, temos que nos contentar com hamburger, batata frita e pão com salsicha (os americanos chamam isso de cachorro-quente). Esse jantar era um consolo para os que ainda não estavam acostumados a esse cardápio, e também para os que já estavam "acostumados demais".
__No salão onde o jantar se passou havia uma concentração de brasileiros, peruanos, chilenos e colombianos. A comida estava deliciosa. É uma pena que eu não saiba o nome de nenhuma das carnes, massas, saladas, molhos e cremes que comi.
__O salão estava preparado para um jantar chique. Todas as mesas estavam cobertas com toalhas brancas impecavelmente limpas e adornadas com flores. Os guardanapos também eram de pano. Os garçons recolhiam nossos pratos assim que terminávamos. Nada ficava sujo por muito tempo.
__Muitos dos intercambistas estão familiarizados com histórias de descaso e preconceito contra trabalhadores estrangeiros nos EUA. Big Sky não é um bom lugar para se conhecer essa face do comportamento dos americanos. Aqui, os trabalhadores de fora são recebidos com um belo de um jantar. A temporada de trabalho começa com os servidores sendo servidos. O resort estava nos passando a mensagem de que seríamos respeitados e bem tratados durante nossa estadia.
__Diante dessa mensagem de boas vindas, que mensagem nós, trabalhadores estrangeiros, deveríamos tentar passar ao nosso empregador para que ele tivesse uma boa visão dos nossos países? E de que forma?
__Usei meu tempo mais para observar do que para apreciar o jantar, e percebi que boa parte dos trabalhadores enchia o prato até não caber mais nada. Dessa montanha de comida, não se comia nem um terço. Vi alguns levando potes e guardando muita comida dentro para levar para casa. Que mensagem esses trabalhadores estavam passando em troca da recepção respeitosa que estavam tendo?
__Eu diria que a mensagem que estávamos devolvendo era: você, empregador, pode nos respeitar. Mas não espere tanto respeito assim de nós.

5 comentários:

rosicler disse...

Renanzinho da tiazinha...
Fiquei triste por imaginar que somos capazes de passar uma imagem tão negativa... que pena. Todavia, essa realidade deve ser em função da alimentação do dia-a-dia, a qual vcs não estão acostumados por ai. Vamos torcer para que eles entendam, nos perdoem e não desistam...rs. bjs

Anônimo disse...

Oi Renan!

E verdade, quão negativa é a imagem que mostramos de nós mesmo neh..depois, queremos ser respeitados.

Ah, querido..excelente tua reflexão ao termino da mensagem.

Abraços,

Suelen

Rojane disse...

Estou encantada com o pessoal de BIG SKY, se um dia eu tiver um grande negócio, farei um curso neste lugar para administrar meu empreendimento.
Parabéns a todos os membros do local.
Parabéns a vc.
bjs meu amadinho.

Rojane disse...

Estou encantada com o pessoal de BIG SKY, se um dia eu tiver um grande negócio, farei um curso neste lugar para administrar meu empreendimento.
Parabéns a todos os membros do local.
Parabéns a vc.
bjs meu amadinho.

Anônimo disse...

Renan
Educação vem de casa.
São pequenas coisas que a gente conhece os outros.
Caleffi 6 (Beto)